X
  • Categoria
  • Marcas
  • Faixas de Preço

8 produtos foram encontrados nesta categoria">
Ordenar por:
8 produtos foram encontrados nesta categoria">

Sobre a Bomba de Vácuo para Laboratório


A bomba de vácuo para laboratório é um dispositivo adaptável que pode ajudar uma ampla diversidade de cientistas e engenheiros de pesquisa em uma elevada gama de processos laboratoriais. Então antes de pesquisar os preços ou até mesmo comprar, vamos saber um pouco mais abaixo sobre o equipamento em questão.
 

Bomba a vácuo para laboratório é utilizada rotineiramente em laboratórios:


-Para fornecer sucção para conduzir a aspiração ou filtração de amostras líquidas ou suspensas
-Para induzir ou controlar a evaporação do solvente reduzindo a pressão de vapor, como em fornos, evaporadores rotativos, secadores de gel e concentradores
-Para melhorar a sensibilidade de detecção do instrumento avaliando moléculas de ar que podem obscurecer ou contaminar amostras, como em um espectrômetro de massa
-Para coletar amostras de gás de câmaras de teste ou da atmosfera
-Para fornecer um ambiente de pressão negativa (ou seja, menor que a pressão atmosférica) para evitar o escape de materiais de amostra potencialmente perigosos.
 
As duas primeiras dessas aplicações representam a grande maioria dos usos para os quais as bombas de vácuo para laboratório são adquiridas em laboratórios de química e ciências biológicas, portanto, serão o foco deste artigo.
 
Vale ressaltar desde já que as bombas de vácuo para laboratório são projetadas para movimentar ar ou vapores, e não para bombear líquidos ou suspensões diretamente.
 

Escolhendo Uma Bomba de Vácuo Para Laboratório


Historicamente, a maioria das bombas de vácuo usadas em laboratórios eram bombas de palhetas rotativas seladas a óleo. Modelos similares incluem por acionamento por correia e acionamento direto. O óleo nessas bombas é utilizado para lubrificar e vedar as bombas. Por causa do selo de óleo, essas bombas podem atingir pressões de vácuo de 10–3 Torr - vácuo substancialmente mais profundo do que a maioria das bombas de vácuo de laboratório seco, que normalmente não atingem abaixo de 10–1 Torr. Níveis de vácuo de 10–3 são necessários para liofilizadores, aplicações de destilação molecular e linhas Schlenk.
 
A primeira regra na seleção de uma bomba de vácuo de laboratório é escolher as necessidades da aplicação. As aplicações de sucção, como filtração e aspiração, podem ocorrer efetivamente em algumas centenas de Torr, e muitos solventes em laboratórios podem ser evaporados à temperatura ambiente a pressões de 1 Torr ou mais. Todas essas aplicações estão dentro da linha de bombas secas.
 
Os laboratórios nas últimas duas décadas têm se voltado cada vez mais para bombas sem óleo ou "secas" para certas aplicações nas quais o vácuo mais profundo das bombas seladas a óleo não é essencial. Como essas bombas não usam óleo, não há contato entre o óleo e os vapores do processo e não há necessidade de trocas de óleo (ou descarte caro de óleo residual contaminado). Isso pode estender substancialmente os intervalos de serviço e reduzir os custos totais da vida útil de operação de bombas secas em comparação com bombas vedadas a óleo.
 

Fornecedor de Bomba de Vácuo para Laboratório


 
É possível fazer a compra do equipamento em questão diretamente em nossa loja virtual clicando nos modelos disponíveis acima ou então entrar em contato com nossa equipe de vendas, para um atendimento personalizado. Prolab a mais de 39 anos no mercado!